Unilateralidade.

image

E quando você percebe que o tempo não volta?! Que as tentativas não iniciadas, hoje fazem falta. Que os discursos ensaiados deviam ter sido pronunciados e que cada oportunidade perdida, assim como todas aproveitadas te trouxeram para esse exato momento?!

É triste.

Hoje eu nem vou reclamar da insônia, é quem está me fazendo companhia.

Quando você não se mexe no colchão porque cada pedacinho daquela lágrima é sua por direito, e você quer que ela não escorra, fique ali de rostinho colado.

É rever fotos e sentir nostalgia. É tirar novas fotos e simular ganhos. Folhear álbuns e reconhecer as perdas. É saber que quando há esforço tem cura, mas não saber se quer tomar a vacina. É um mar de sentimentos, uma desilusão amorosa, uma obsessão iludida.

Não existe amor unilateral, ainda bem que comprei meus cactos.

Anúncios

Um comentário sobre “Unilateralidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s